Vídeo: Exija sua privacidade

surveilance

Big Data se transormou em Big Brother..

Ative as legendas em português no próprio youtube. Segue abaixo o vídeo e a transcrição:

A privacidade é um direito fundamental e é essencial pra qualquer sociedade democrática.

Ela é a chave pra uma proteção efetiva das fontes jornalísticas. Sem ela, não há liberdade de informação e não há proteção do sigilo médico e profissional.

Nós todos temos coisas a esconder de alguém. Chefe, colegas, amigos, família, esposa ou marido… Isso não quer dizer que é algo ruim, só que é algo… privado.

E até mesmo coisas que não achamos que valha a pena esconder hoje podem mais tarde ser usadas contra nós.

Um ataque à sua própria privacidade também fere a privacidade das pessoas com quem nos comunicamos.

Quando sabemos que podemos estar sendo vigiados, nosso comportamento muda. Podemos decidir não ir a um encontro político, a censurar o que dizemos pros amigos, colegas e familiares, achando que pode cair em mãos erradas ou simplesmente se tornar público.

Sob vigilância, podemos decidir não fazer denúncias. A privacidade é uma condição necessária pra pensarmos e nos expressarmos livremente.

Edward Snowden está bravamente arriscando sua vida pra nos mostrar o quanto da nossa privacidade já está sendo invadida.

Os EUA conduzem programas militares de vigilância de todas as pessoas em escala global e faz isso com apoio efetivo de países da Europa.

Online e offline, todas as nossas mensagens, ligações, dados de localização, viagens, histórico de navegação e comportamento estão potencialmente sendo gravados e agregados em perfis pela NSA e seus parceiros públicos e privados.

Podemos ver um estado de vigilância global emergindo, usado não só pra espionar indivíduos, mas também empresas e líderes políticos.

Isso pode mudar radicalmente as relações políticas e econômicas entre os países e ser usada pra suprimir dissidências e oposição política.

Tal vigilância não seria possível sem a colaboração de gigantes da tecnologia como Google, Apple, Facebook e Microsoft.

Seus modelos de negócio, baseados em coletar tudo sobre todo mundo, foram a chave pra possibilitar esse estado de vigilância global.

Precisamos repensar nossa relação com a tecnologia, porque não podemos mais confiar nessas empresas.

Big data, na verdade, tornou-se o Big Brother.

Precisamos de um mundo em que a tecnologia esteja a nosso serviço, proteja a privacidade e nos dê mais liberdade.

Podemos agir agora e fazer a diferença, pra nós e pra todos que conhecemos, usando software livre e de código aberto que pertença a todos e que possamos sempre controlar.

Passar a usar serviços descentralizados que tornem possível sabe onde estão nossos dados e o que acontece com eles e usar criptografia fim-a-fim que garanta que as nossas comunicações privadas sejam, hm…, privadas.

Vamos sensibilizar a todos sobre o impacto da vigilância global.

Vamos garantir que nossos líderes políticos protejam nossa privacidade e promovam tecnologias que, em vez de controlar as pessoas, as liberte.

Nenhum Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.

O dia que o Oiticica rodou a baiana no MAM

heliooiticica-passistamangueiracomparangolenomam11

“..crioulo não entra no MAM, isto é rascismo.”

Details »

14.11.2015

12249651_1493240957637533_3087852886953099477_npq

Não pode entrar na escola

Details »

Vai vadiar

vaivadia

Quem gosta da orgia

Details »

Eu não sei dizer

entãoeuescuto

Nada por dizer

Details »

No jornalismo não há ética sem democracia

1984democratiza

Nos primeiros capítulos do seu livro..

Details »

Resistimos!

resistimos256256

Não porque somos corajosos.

Details »

A catástrofe do jornalista

jornalistaboom256256

“Qualquer jornalista que não seja demasiado obtuso..

Details »

O palhaço

palhaço

Details »

A dúvida..

23052015-IMG_5044

A dúvida era um insondável sofrimento.

Details »

O seu veículo..

bike

Tenho pedalado diariamente em Londrina..

Details »

Rixa fanfarrão

rixpq

Coisas do Paraná.

Details »

“Era tudo uma coisa só

vidaoperaria

Mário, pedra e lago”

Details »

A maior riqueza do homem

robertshanapakeharrison

É a sua incompletude.

Details »

O recrutamento

marcha

Os passos estão se tornando mais nítidos.

Details »

O que Proudhon diria sobre o Facebook?

1984

Usar o Facebook é..

Details »

E a vida está acabando

ponteiros

Após ter dormido na metade do filme..

Details »

E eu..

eeu

Faltavam 5 minutos para a morte chegar,

Details »

Só nos resta a vida para viver

7a788-enlacoladelinem

“Em nosso sistema político e social,

Details »

O dia da indiferença – Jack Kerouac

diadanossadesesperança

Não é verdade?

Details »

Tellico: Gerenciando coleções de livros

tellico-screenshot

Pesquise na internet os dados do livro com o Tellico.

Details »

Dislike Facebook

dislikestencil

Nos vemos nas ruas..

Details »

Música: O pirata – Ave Sangria

avesangria

Sem bandeira, sem espada, no mar pra viver

Details »

Vídeo: Exija sua privacidade

surveilance

Big Data se transormou em Big Brother..

Details »

Não queremos outra rede social proprietária

images

Saiba porque não estamos interessados..

Details »

Facebook, Google e a identidade online

translate

Confiram a tradução do artigo do http://qz.com.

Details »

Documentário: Vítimas do Facebook

fbnff

O Facebook não foi feito por amor. É um negócio!

Details »

Facebook: Ninguém curte isso

nblfb

Vídeo: Você precisa sair do Facebook legendado.

Details »

O papão

idol-moloch2

“As crianças tem medo à noite..”

Details »

Referenciais

realidade

“Sempre preferi gente ao tempo e ao espaço.”

Details »

Virtude militar

wall

Vês aquele muro?

Details »

Toda flor tem seus espinhos

Sim

Details »

Estar em paz – Oscar Wilde

09022014-IMG_5404-2

“Descansar na macia terra escura,

Details »

Bad luck

badluck

Gostaria de enraizar..

Details »

Jornalismo que preocupa: Gazeta do Povo

EditorialGazetadoPovo

Gazeta do Povo sobre protestos no Brasil.

Details »

Documentário: Black Block legendado (2011)

blackblock2011

Documentário: o terror policial em Gênova 2001.

Details »

Filme: Diaz – Não limpe esse sangue (2012)

diaz-movie.jpg

“Mataram um de 22. O que mais querem?”

Details »

Documentário: El cine libertario legendado

nosotrossomosasi

La revolución en el séptimo arte

Details »

Copavi: Terra libertada, sonho construído

copavi

“Uma prova de que é, sim, possível.”

Details »

Música: A banca do distinto

burguesia

Pra que tanta pose, doutor?

Details »

Música: Eu despedi o meu patrão

autogestao

Ele roubava o que eu mais valia..

Details »